Energia Solar ao alcance de todos.

Encontre o plano ideal para você.

É fácil economizar
na sua conta de luz

Quem Somos

Pioneiro no segmento, o Consórcio Nacional Solar tornou a inovação acessível para milhares de brasileiros.

Gerando economia e independência para lares, empresas e produtores rurais, o Consórcio Nacional Solar conecta você com o futuro e contribui para o consumo sustentável.

Adquira seu sistema fotovoltaico sem juros, nem IOF e com as menores taxas administrativas do mercado, com quem tem os melhores preços e ainda oferece assessoria técnica especializada e equipamentos de última geração

Origem

Origem

O Consórcio Nacional Solar é uma realização da Sices Brasil, líder brasileira no segmento de Energia Solar FV, em parceria com o Banco do Brasil, o qual possui a maior rede de agências nacionais e internacionais.

Banco do Brasil

Banco do Brasil

O que é consórcio

O que é consórcio

Consórcio é uma modalidade de associação baseada na união de pessoas físicas ou jurídicas, que tem por finalidade a aquisição de bens móveis e imóveis, por meio de autofinanciamento.

Inovação e Independência

Inovação e Independência

Com o Consórcio Nacional Solar, você pode gerar a sua própria Energia Solar Fotovoltaica e conquistar a sua independência energética.

Acessível para todos

Acessível para todos

Sem juros, nem IOF e com as menores taxas administrativas do mercado , o Consórcio Nacional Solar oferece diversos planos de acordo com as suas necessidades e para diferentes tipos de público.

Liberdade e sustentabilidade

Liberdade e sustentabilidade

Ao investir no Consórcio Nacional Solar, você promove o uso da energia limpa e quando for contemplado, tem total liberdade para escolher a marca dos Equipamentos de seu Sistema Fotovoltaico.

Planos Flexíveis de Energia Solar

O consórcio é uma maneira segura e econômica de adquirir um bem ou serviço, ideal para quem não tem pressa, tem disciplina e deseja investir, sem descapitalizar recursos.

  • Bens a partir de R$ 10 mil
  • Parcelas a partir de R$ 180,00
  • Soma de cartas para bens de maior valor 
  • Possibilidade de utilização de cartas para: motos, automóveis, tratores e caminhões.
  • Pagamento mensal, semestral e anual  

Como Funciona

O Consórcio Nacional Solar tornou o mercado de energia solar mais acessível, facilitando a execução dos projetos fotovoltaicos de qualquer tamanho com parcelas iguais ou até mais baixas do que a conta de luz, como demonstrado no vídeo de Microgeração de Energia Solar.

Opinião dos
nossos Clientes

A iniciativa atende às necessidades dos mais diversos tipos de público, pois produzir a própria energia deve estar ao alcance de todos.

Adquira

Atendimento ao cliente e central administrativa – unidades de vendas

Atendimento
(11) 95063-8921

SAC do BB
0800 729 0722

Av. Portugal, 1174 - Jardim Nova Itapevi, Itapevi - SP

Principais dúvidas
sobre a energia solar

Isso depende de vários fatores como o consumo de energia, a potência do painel, localidade, orientação e inclinação do painel, temperatura, dentre outros. Lembre-se, o ideal é sempre consultar um técnico de sua confiança para optar pelo sistema mais indicado para atender sua necessidade.

Estudos apontam, que em média, desde que sejam feitas as corretas manutenções, um sistema fotovoltaico conectado à rede tem uma vida útil de 30 a 40 anos.

Entre os principais benefícios na geração de energia solar, destacam-se:
  • A energia depende de uma fonte inesgotável e gratuita – o Sol;
  • O Brasil tem ótimo índice de irradiação solar e é viável em praticamente todo o território;
  • Redução de perdas por transmissão e distribuição de energia, já que a eletricidade é consumida onde é produzida;
  • Baixo impacto ambiental, já que a produção de energia fotovoltaica não gera emissão de gases de efeito estufa;
  • Rápida instalação devido à sua grande modularidade e baixo custo de manutenção;
  • Excelente recurso para locais de difícil acesso ou fora das redes de energia instalados. Por exemplo, vilas ou casas situadas em pontos isolados e com baixas densidades demográficas.
  • W (Watt) é uma unidade de medida para potência (equivalente a um Joule por segundo);
  • Wh (Watt-hora) é uma unidade de medida de energia gerada. Ex: Um equipamento elétrico de 20 W de potência ligado por 3 horas equivale a 60 Wh (20 x 3);
  • Wp (Watt-pico) é a unidade de medida utilizada para os painéis fotovoltaicos. Essa medida apresenta potência máxima que um painel pode fornecer em condições ideais, reproduzidas em laboratório;
  • kWh (quilo-Watt-hora) é a unidade de medida de energia, da conta de luz. O “k” corresponde a 1000, ou seja 1 kWh se refere a 1000 Wh.

Não. A legislação brasileira permite apenas a compensação de energia, quando a produção for maior que o consumo em um mês gera créditos a serem utilizados em outro período (até 60 meses) na mesma unidade consumidora ou em outra pertencente ao mesmo CPF ou CNPJ, dentro da mesma concessionária.

Em geral não, é possível aproveitar a fiação elétrica já existente da sua casa ou empresa, bem como o seu telhado ou laje para fixação dos painéis, em alguns casos pode haver a necessidade de reforçar a estrutura do telhado para suportar o peso das placas.

O processo de geração da energia ocorre com a incidência de irradiação solar, portanto a energia gerada durante o dia poderá ser armazenada em baterias ou lançada na rede da distribuidora e utilizada durante a noite. 

Os sistemas podem ser para aquecimento (térmicos) ou os chamados fotovoltaicos (para geração de energia elétrica). A energia solar térmica é utilizada para aquecimento de ambientes ou processos industriais e aquecimento de água. Já o sistema fotovoltaico gera energia elétrica que pode substituir o uso de energia proveniente das concessionárias de energia. 

Sim, o Brasil apresenta grande potencial de geração de energia solar. Segundo o Atlas Brasileiro de Energia Solar, a incidência de raios solares no país é cerca de 40% superior à da região mais ensolarada da Alemanha, que é um dos líderes no uso da energia solar fotovoltaica (FV).

  • Estes dois termos se referem à ligação, ou não, do seu sistema de geração de energia solar à rede de distribuição de energia elétrica de sua região.
  • Grid-tie: é o nome dado a um sistema que funciona conectado à rede elétrica, dispensando baterias de armazenamento.
  • Off-grid: é o nome dado a um sistema que funciona desconectado da rede elétrica, dependendo de baterias para funcionar adequadamente.

O funcionamento do sistema se dá durante o dia, portanto, a energia gerada durante o dia acima do seu consumo, será direcionada para a rede da distribuidora e convertida em créditos para abater no uso de energia durante o período noturno.

O mais comum é instalar o sistema no telhado de edificações porque ocupa uma área que não seria utilizada para outro fim e reduz os riscos de sombreamento no sistema. Ao instalá-los sobre o telhado, você tem ainda a vantagem de poder utilizar a instalação elétrica da edificação como interface entre o gerador solar e a rede elétrica pública.

O projeto de instalação e de conexão à rede de um micro ou minigerador fotovoltaico deve ser realizado por uma empresa com experiência comprovada nessa área. Assim, o primeiro passo é entrar em contato com uma empresa fornecedora de sistemas fotovoltaicos.

  • Sim. O Banco do Brasil disponibiliza crédito para o serviço de instalação e para aquisição de sistemas de geração de energia solar fotovoltaica.
  • Conheça aqui as opções de crédito para você e/ou para sua empresa.

Endereço: Av. Portugal, 1174 – Jardim Nova Itapevi, Itapevi – SP, CEP: 06690-280

Tel.: (11) 95063-8921 ou (11) 4193-2008 (Ramal 285)

Horário de Atendimento: das 8h às 18h

Conecte-se com
Consórcio Nacional Solar

® Copyright Consórcio Nacional Solar 2018 - Powered By Sices Solar